Aventure-se comigo...

Aventure-se comigo...

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

ENCONTROS FRUSTANTES


A vida de solteira não é só flores. Há vantagens, sem dúvida. Mas há momentos em que eu penso seriamente em ficar reclusa em algum convento - se ao menos eu fosse religiosa...

Desde que me separei, não posso reclamar da falta de oportunidades para sair. Acho que para mulheres é mais fácil, sei lá. O problema é quando o encontro, que promete ser tudo de bom, acaba sendo frustrante (quando não desastroso).

Primeiro encontro : um executivo, elegante, lindo, cheiroso, culto: ele chega para me buscar em casa, buzina e nem desce do carro. Abrir a porta para mim? Nem pensar. Vamos a um barzinho, ele desce do automóvel e sai andando na minha frente. A conversa é razoável, mas a essa altura minha boa vontade já está abalada. Tudo acaba de vez quando, caminhando com ele pela calçada (eu do lado de fora), ele abre uma bala e JOGA O PAPEL DE BALA NA RUA. Afff... jogar lixo na rua é o máximo da falta de educação, de civilidade. Nem liguei mais quando retornamos ao carro e ele não abriu a porta para mim.
Como diria minha mãe: "por fora, bela viola. Por dentro, pão bolorento.

Segundo encontro: Dessa vez, foram algumas saídas, sem que o segundo candidato fizesse algo de muito reprovável. Estava até animada. Depois de quase um mês, finalmente o teste final: será que ele "manda bem"?
A química foi perfeita, estava eu contentinha nos alvos lençóis, descansando e conversando após nossa primeira noite juntos, eis que ele solta um sonoro PUM.

Esse homem, de bom nível social e econômico, bonito, atraente...soltou um pum e nem pediu desculpas! Fez de conta que nem era com ele.

Está complicado... não basta o crescente número de gays, some-se a isso os homens comprometidos, complicados, loucos de todo gênero... agora surge uma nova modalidade dos "não encaráveis": OS OGROS.
Jogou papel na rua, soltou pum... tô fora.

Não precisa ser príncipe, mas um pouco de classe, pelamorrrrrr...


7 comentários:

Dama de Cinzas disse...

Acho que de todos os defeitos dos seus candidatos o que eu não suportaria era o pum... Vai se danar, mal educado!... ehehe

Beijocas

brmarciorio disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
Tadinha....que frustrante. Mas sinta-se acompanhada. Nós homens também passamos por situações equivalentes...

Yussef disse...

Oi, linda
muito espirituosa essa visão dos encontros.
Gostei da maneira que tu escreve.
Bjosss

Baiano Crazy disse...

Ai Cris, num acredito que tu realmente escreveu isso e pensa dessa forma, putz....nem ta parecendo a Cris que eu conheci, ou não conheci a Cris mesmo???

Bjão do Baiano

Connery SCCP disse...

Querida,

se continuar coleconar estas aventuras, terminará com um bom livro.

quem sabe o proximo não coma repolho no almoço

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

beijos
Connery

roberto_pacman@hotmail.com disse...

Como te disse antes, é sinal de musculatura laceada.

jose disse...

putz... não vou nem comentar como deveria...