Aventure-se comigo...

Aventure-se comigo...

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

SEXO VIRTUAL


Estava lendo as novas postagens dos blogs que eu acompanho e notei um assunto em comum: a dificuldade de se estabelecer relacionamentos satisfatórios nos dias de hoje. Parece que, a despeito de toda a facilidade que a internet trouxe, hoje é mais difícil encontrar alguém para um relacionamento mais sério do que antigamente, quando os casais se conheciam pessoalmente, olho no olho. 

E com a internet, veio o msn, a webcam e o tal do "sexo virtual". Confesso que não curto essa modalidade, não por moralismo, timidez ou coisa que o valha, mas, simplesmente porque acho uma forma PREGUIÇOSA de se relacionar - se é que podemos chamar de relacionamento um homem e uma mulher mostrando suas partes íntimas para uma câmera, fazendo caras e bocas.

Para os homens, que são mais visuais, parece-me ser mais atraente esse tipo de conexão à distância. Seria, assim, uma maneira de economizar com revistas masculinas para buscar inspiração, além do apelo de ser uma atividade ao vivo e interativa. Para mim, no entanto, com todo o respeito aos que apreciam essa modalidade, o sexo virtual é um "desserviço à humanidade". Nada substitui o toque, a pele, o cheiro, o gosto, o calor de se estar com alguém. 

Minha sugestão fica para os homens: deixem de ser preguiçosos e acomodados, a curiosidade de se ver uma mulher na webcam jamais deveria substituir o desejo de tocá-la e conhecer seus segredos e encantos que só a presença física é capaz de proporcionar. Menos preguiça e mais atitude, meninos!

Um comentário:

DoNNaNet disse...

Confesso que conheci uma pessoa e durante muito tempo conversei com ela e aconteceu uma vez um "virtual" e com certeza, não teve graça nenhuma... Depois disto, até esfriou entre a gente. Ficamos um bom tempo sem se falar e depois de um tempo, a amizade voltou e resolvemos nos conhecer pessoalmente... Aí sim... O que foi "morno" no virtual, foi beeeem quente no real!!! Ahh.. E somos amigos até hoje... rs..