Aventure-se comigo...

Aventure-se comigo...

domingo, 11 de dezembro de 2011

TENTE USAR E SORRIR...

Descobri que muitas mulheres são mais loucas e masoquistas do que se suspeitava... Grande parte usa regularmente cintas, meias de alta compressão e coisas do gênero, para disfarçar gordurinhas que, muitas vezes, estão na cabeça delas! 
Sim , mesmo tendo um peso adequado, um abdome sem excesso de gordura, há mulheres que se apertam o dia inteiro para disfarçar o que não precisa ser disfarçado. E ainda usam salto alto, fazem chapinha, depilação à cera, passam fome, tudo em nome da beleza. Isso é vida? 

Eu fui muito magra boa parte da minha vida. Baixinha e magrinha, minha mãe vivia enfiando na minha goela abaixo, gemada, óleo de fígado de bacalhau, Biot^pnico Fontoura...
Nos últimos 5 anos, ganhei peso coincidentemente quando meu nivel de estresse aumentou. Nesse período eu me separei, mudei de atividade profissional, deixei de fazer as coisas que eu gostava, minha família desmoronou, tive um namoro complicado... 
Meus quilinhos a mais teimam em permanecer, mas eu me R-E-C-U-S-O- a usar essas cintas para disfarçar minhas gordurinhas. Muito menos me submeter a uma lipoaspiração que, sinceramente, com todo respeito à opção das pessoas, eu acho a maior violência que alguém pode praticar contra si mesmo. Em geral, são as mulheres que agem como suas próprias carrascas. Veja se existe algum homem que, após ganhar aquela barriguinha de chopp, vai se sujeitar a usar um instrumento de tortura como esse? Nem lipo nem cinta, eles desfilam orgulhosos suas panças pelas praias brasileiras, de sunga, sem a menor cerimônia.

Mulher, seja você gordinha, pedaçuda, curvilínea, fofinha, obesa... use o adjetivo que quiser, tenha um pouco de amor por você mesma. Assuma seus quilinhos ou vá ao médico e procure uma nutricionista. Não adianta usar a técnica de avestruz e ficar apertando a barriga, até o seu estômago ir prar na garganta... Você vai continua parecendo gordinha, a única diferença será no seu humor, ao final do dia. Sorrir usando uma cinta dessas, só mesmo a modelo da foto, que está ganhando uma boa grana para fazer isso.


Essas fotos não foram retocadas com Photoshop. Trata-se da mulher com a cintura mais fina do mundo, Cathie Jung de 72 anos, dos quais 25 anos foram usando ininterruptamente cintas modeladoras. Honestamente? Ainda prefiro minha barriguinha, do que essa aparência bizarra. Mas gosto é gosto, né? Afff...

3 comentários:

Dama de Cinzas disse...

Eu não gosto de nada que me aperte. Então nunca usei essas cintas. Até tenho aquele pouco de gordura na cintura e barriga, mas se eu colocar alguma roupa que não fique legal, eu troco a roupa, mas não penso em colocar cinta.

Acho que os homens não fazem esse tipo de coisa, porque eles não precisam. A mulherada tá doida correndo atrás de qualquer traste para colocar do lado e chamar de seu homem. Então os homens tão muito bem, não precisam fazer esforços, se uma não se submeter, certamente outra fará todas as concessões.

Beijocas

Art by Lu disse...

PQP, q aflição!!! =O
Lembro quando era + nova e um ortopedista quis me "enfiar" naquelas cintas ortopédicas, mas era pra corrigir um desvio na coluna [consequência do balé]. Olha, não consegui usar aquilo por um dia! Troquei de ortopedista, fiz fisio e melhorei por outros métodos, rsrs...
O único corset que uso é aquele estilo roupa mesmo, com jeans, mas do meu tamanho e sem me apertar!!! kkkkkkkkkkkk.....
Bjão!!! =D

vannybraga disse...

Eu concordo plenamente com você!
Sou gorda...nem gordinha, nem pedaçuda... gorda mesmo. Não estou absolutamente feliz com meu corpo e tenta me alimentar da melhor forma possível, mas antes da beleza vem o meu conforto e bem-estar!
Tentei usar uma cinta assim pra trabalhar e quando cheguei no trabalho tirei sem dó!
Deus me livre ficar com aquilo sem poder respirar nem mesmo beber água!!Tô fora!
Acho que o que mais vale é o amor próprio mesmo!